int(1146) string(62) "Table 'saisdate_loja.stock_color_size_temporary' doesn't exist" int(1146) string(62) "Table 'saisdate_loja.stock_color_size_temporary' doesn't exist" int(1146) string(62) "Table 'saisdate_loja.stock_color_size_temporary' doesn't exist"

Descrição da Postagem

SET21
Parto prematuro ou tardio eleva risco de paralisia cerebral
  • Terça, 21 de Set de 2010 - 11:30:44
  • Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    Bebês nascidos um pouco antes ou um pouco depois do prazo têm mais risco de ter paralisia cerebral. O dado é de um estudo que acompanhou 1,7 milhão de crianças na Noruega, publicado no "Journal of the American Medical Association".

    A paralisia cerebral é um termo que designa vários distúrbios no cérebro e no sistema nervoso e é a principal causa de deficiência em crianças. Acredita-se que ela se deva a lesões no cérebro durante o desenvolvimento do bebê no útero ou por problemas no nascimento.

    PREMATUROS
    Os médicos já sabem que o parto prematuro é uma das causas de paralisia cerebral, mas a maioria das crianças com a condição não nasceu antes do tempo.

    Os autores investigaram 1,7 milhão de crianças nascidas com mais de 37 semanas de gestação -prazo em que elas deixam de ser consideradas prematuras- entre os anos de 1967 e 2001.

    Aquelas nascidas com 39 ou 40 semanas tiveram a menor chance de desenvolver a paralisia. Partos com 37 e 38 semanas ou ainda com mais de 41 semanas de gravidez aumentaram o risco.

    Segundo os autores, uma explicação é que o cérebro pode ser mais vulnerável se o bebê nasce antes ou depois das 40 semanas de praxe.

    Mas, eles enfatizam, é importante lembrar que o risco absoluto da doença é ainda muito pequeno e que a grande maioria das crianças nascidas com um pouco mais de 40 semanas não desenvolverão paralisia cerebral.
    Comente: " Parto prematuro ou tardio eleva risco de paralisia cerebral "

    * Nome Completo:
    * Título:
    Comentário:


    * Digite o codigo: