Blog - Sais da Terra

JUL17
Fonte: O IMPARCIAL - MA

Pouco mais de 15 meses após assinar convênio com o Hospital Sírio-Libanês e lançar o Projeto Ciclotron, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) se tornou hoje (19) a primeira instituição hospitalar pública do país a produzir as substâncias necessárias para fazer exames capazes de diagnosticar cânceres, ainda que em estágio inicial.

O primeiro lote de radiofármacos foi preparado esta manhã, no próprio Hospital das Clínicas, e levado ao Hospital Sírio-Libanês, onde foi aplicado em três pacientes que, na sequência, passaram por uma tomografia por emissão de pósitrons (PET/CT), um dos mais modernos métodos de detecção de tumores de mama, de pulmão, colon, linfomas e melanomas malignos, além de alguns exames neurológicos e cardiológicos. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
JUL17
Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

Níveis muito elevados de colesterol em crianças podem diminuir ao longo do tempo, mesmo sem intervenção de medicamentos, segundo pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, nos Estados Unidos.

Os resultados reacendem um debate sobre as consequências do colesterol alto em crianças, e se as drogas de controle são apropriadas quando mudanças na dieta e atividades físicas não se mostram suficientes.

Essas drogas, que incluem as estatinas, são usados em adultos para reduzir o risco de doenças cardíacas, uma das maiores causas de morte nos países ocidentais. Mas não está claro se elas também valem para as crianças. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
JUL17
Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

Idosos que comem peixes gordurosos pelo menos uma vez por semana podem ter menor risco de perda severa da visão provocada por degeneração macular relacionada à idade (DMRI), sugere um novo estudo.

Os resultados, relatados na revista Ophthalmology, não provam que consumir peixe diminua o risco de desenvolver estágios avançados de degeneração macular ligada à velhice.

Mas o estudo comprova evidências de estudos anteriores que mostram que os consumidores de peixes tendem a ter taxas mais baixas do problema que pessoas que raramente comem esse tipo de carne. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
JUL17
Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

Níveis muito elevados de colesterol em crianças podem diminuir ao longo do tempo, mesmo sem intervenção de medicamentos, segundo pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, nos Estados Unidos.

Os resultados reacendem um debate sobre as consequências do colesterol alto em crianças, e se as drogas de controle são apropriadas quando mudanças na dieta e atividades físicas não se mostram suficientes.

Essas drogas, que incluem as estatinas, são usados em adultos para reduzir o risco de doenças cardíacas, uma das maiores causas de morte nos países ocidentais. Mas não está claro se elas também valem para as crianças. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
JUL17
Faltam medicamentos em postos de saude
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:09:18
  • Fonte: DIÁRIO DO NORDESTE - CE

    "Estou aqui desde as quatro horas da manhã com vontade de urinar e não consigo, pois os banheiros estão interditados. Aqui falta tudo, remédio, estrutura e respeito", desabafou a doméstica Maria de Lourdes Teixeira. A situação relatada é referente ao Centro de Saúde Paulo Marcelo, localizado na Rua 25 de Março, no Centro de Fortaleza. Mas a situação não se restringe a essa unidade. Outros centros de saúde da atenção primária na Capital sofrem com a falta de estrutura.

    Próximo dali, no Centro de Especialidades Médicas José de Alencar (Cemja), além do captopril (medicamento para pressão arterial), há um mês, os pacientes não encontram omeprazol, indicado para gastrite e refluxo gastroesofágico. Conforme a coordenadora farmacêutica da unidade de saúde, Ana Maria Leite, e a própria Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a falta de alguns medicamentos está afetando toda a rede de saúde pública do Município. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Fonte: O IMPARCIAL - MA

    Pouco mais de 15 meses após assinar convênio com o Hospital Sírio-Libanês e lançar o Projeto Ciclotron, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) se tornou hoje (19) a primeira instituição hospitalar pública do país a produzir as substâncias necessárias para fazer exames capazes de diagnosticar cânceres, ainda que em estágio inicial.

    O primeiro lote de radiofármacos foi preparado esta manhã, no próprio Hospital das Clínicas, e levado ao Hospital Sírio-Libanês, onde foi aplicado em três pacientes que, na sequência, passaram por uma tomografia por emissão de pósitrons (PET/CT), um dos mais modernos métodos de detecção de tumores de mama, de pulmão, colon, linfomas e melanomas malignos, além de alguns exames neurológicos e cardiológicos. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Governo investe para fortalecer laboratorios nacionais
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:07:34
  • Fonte: VALOR - SP

    O governo federal trabalha em diversas frentes para impulsionar a capacidade produtiva da indústria farmacêutica brasileira e reduzir a dependência externa do mercado de remédios. O Ministério da Saúde coordena ações que incluem parcerias entre laboratórios nacionais públicos e privados para a produção de medicamentos considerados estratégicos, o financiamento do desenvolvimento de pesquisas em mais de 400 universidades, acordos de transferência de tecnologia para a produção local de vacinas e até a criação de um superlaboratório brasileiro, com a participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Fonte: VALOR - SP

    Ano após ano, o déficit da balança comercial brasileira na área de saúde cresce e revela uma preocupante dependência do mercado externo para a aquisição de remédios e equipamentos médicos consumidos no país. Na avaliação do Ministério da Saúde, a situação poderia levar a um desabastecimento em caso de forte desvalorização do real.

    As importações do setor somaram US$ 11,3 bilhões no ano passado, valor que representa 8,8% do total das compras internacionais, que alcançaram US$ 127,6 bilhões. Já a participação das exportações da indústria farmacêutica em todo o volume vendido pelo Brasil ao exterior se mantém estagnado em torno de 1,5% há dez anos. De 2000 a 2009, o déficit comercial dessas transações subiu 155%. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    M‚todo pouco invasivo chega agora … coluna
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:06:04
  • Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    O uso de técnicas minimamente invasivas -que necessitam de cortes menores e têm tempo de recuperação mais rápido- é tendência em todas as áreas da medicina.

    Doentes com problemas na coluna foram alguns dos últimos a se beneficiar desse tipo de cirurgia -que ganhou mais espaço há dois anos. Esses procedimentos já representam 10% das operações.

    Hoje, são usadas mais de 30 técnicas para resolver diversos problemas, como hérnias de disco e escoliose do adulto (desvio lateral da coluna).

    Em geral, é feito um corte de poucos centímetros, e a região da espinha é acessada com a ajuda de um espaçador. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Nova microcirurgia trata h‚rnia de disco
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:04:51
  • Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    Uma nova técnica que utiliza jato d" água em alta velocidade começa a ser usada no Brasil para tratar hérnia de disco contida.

    Nesse tipo de hérnia, o núcleo do disco intervertebral está inchado e comprime os nervos da coluna, causando inflamação e dor, mas não há rompimento da membrana.

    Para descomprimir os nervos, uma agulha de 2 mm de diâmetro perfura a pele do paciente e chega à inflamação. A água entra no disco a 960 km/h e fragmenta seu núcleo. Em seguida, parte do conteúdo é aspirado, o disco murcha e a pressão sobre os nervos é reduzida.

    O procedimento, desenvolvido nos EUA, será apresentado nesta semana no Congresso de Cirurgia e Técnicas Minimamente Invasivas da Coluna Vertebral, que ocorre em São Paulo.

    Estudos no exterior já mostraram que a técnica apresenta resultados semelhantes aos da cirurgia tradicional (chamado de microdiscectomia), que precisa de um corte de cerca de 3 cm para tratar a hérnia. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    Pela primeira vez, um gel vaginal contendo uma droga contra o HIV se mostrou seguro e eficaz na prevenção da contaminação pelo vírus. Isso é o que revela um estudo conduzido na África do Sul. O gel também reduziu o risco de transmissão de herpes.

    Para chegar ao resultado, pesquisadores sul-africanos acompanharam um grupo de 889 mulheres com alto risco de infecção pelo HIV durante dois anos e meio. Todas receberam orientações sobre métodos de prevenção, como uso de preservativos.

    Metade das voluntárias usou um gel com 1% de tenofovir, antirretroviral usado no tratamento da Aids. As demais receberam um gel placebo, sem a droga.

    Elas foram orientadas a aplicar o remédio uma vez 12 horas antes da relação sexual e uma vez logo depois. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    Quem foge de seringas poderá ter nos próximos anos uma nova forma de tomar vacinas sem se submeter às desconfortáveis picadas.

    Isso porque cientistas americanos estudam uma vacina em forma de adesivo com microagulhas que penetram na pele sem causar dor. Elas são de plástico biodegradável e se dissolvem.

    O experimento só foi testado com ratos de laboratório, e para combater a gripe. Os que receberam a vacina por meio do adesivo tiveram, meses depois, imunização melhor que os ratos que receberam injeção intramuscular. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Retencao da receita ‚ imprescindivel
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:02:29
  • Fonte: FOLHA DE LONDRINA - PR

    O coordenador do setor de produtos e serviços da Vigilância Sanitária, Márcio Porfírio, diz que mesmo que o medicamento ainda seja do lote antigo de tarja vermelha, a retenção da receita médica é imprescindível. ´´Vender sem a receita é uma prática proibida, que cabe autuação pelo Código de Defesa Sanitária do Estado, com multa de 100 a 10 mil FCAs (Fator de Correção e Atualização), - cada FCA vale R$ 1,61. Já pela Lei Federal de Infração Sanitária, a multa pode chegar a R$ 1,5 milhão´´, comenta.

    Segundo ele, a autuação só pode ser feita mediante constatação da irregularidade nas inspeções ou por meio de denúncia. Ainda assim, em alguns casos é difícil compravar a infração. ´´A mudança para tarja preta dificulta a venda, contudo, o caixa dois ainda é possível.´´ O tal caixa dois, acontece quando, por exemplo, uma pessoa tem uma receita com três caixas, mas só compra duas. Neste caso, a drogaria tem que carimbar a prescrição com a declaração de redução. ´´Se não o faz, há possibilidade de desviar o medicamento para estoque ilegal. A falta do carimbo já caracteriza infração.´´ LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Sindrome do Panico apos sibutramina
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:01:50
  • Fonte: FOLHA DE LONDRINA - PR

    Como a maioria das mulheres, a bancária Sandra (nome fictício), de 31 anos, queria perder os indesejáveis quilinhos a mais. ´´Sempre fiz regime já tinha tomado outro medicamento em uma tentativa anterior. Emagreci, mas depois que parei de tomar, engordei novamente´´, lembra.

    Insatisfeita com o peso extra, há quatro anos, resolveu procurar ajuda médica novamente. ´´Fui a um endocrinologista e disse que não queria tomar remédio para emagrecer. Mas ele receitou algumas fórmulas naturais mais sibutramina e anfepramona. Quando perguntei se era boleta, ele disse que não fazia mal.´´ LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL17
    Pode ser farinha ou coisa pior
  • Sábado, 17 de Jul de 2010 - 11:00:53
  • Fonte: FOLHA DE LONDRINA - PR

    Guilherme Marquezine, médico endocrinologista, explica que a sibutramina é uma nova geração de medicamentos no auxílio ao tratamento de obesidade. ´´O medicamento veio preencher a lacuna que havia para a doença, já que as substâncias existentes não ofereciam efeitos a médio e longo prazo. Apesar de esta droga também ter um efeito limitado e sozinha não resolver o problema do excesso de peso. O tratatamento da obesidade consiste em tratar causa, e no caso desta doença não existe um distúrbio químico, e sim calórico´´, comenta.

    Ainda que o remédio seja recomendado para casos de obesidade, tem sido prescrito em casos para pouca perda de peso. ´´Não estamos falando de três ou quatro quilos. A sibutramina é indicada para pessoas que estejam efetivamente sofrendo com a obesidade e suas comorbidades. Entretanto, mais uma vez ressalvo que medicação não garante resultados de forma isolada, não é a ´salvação da lavoura´.´´ LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15

    Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

    Pessoas que correm grande risco de contrair malária poderiam se beneficiar de um composto preventivo de antibióticos, de acordo com os resultados de um estudo em camundongos.

    Cientistas do Reino Unido, Alemanha e Quênia afirmam que as drogas podem estimular pessoas saudáveis a desenvolver imunidade natural aos parasitas causadores da malária, ganhando proteção contra possível futura infecção.

    Os pesquisadores afirmam que uma técnica de imunização natural como essa só poderia ser adotada em circunstâncias especiais, onde as temporadas de malária são de alto risco mas de curta duração e onde as pessoas em risco tenham certeza de que os medicamentos seriam tomados antes da infecção ocorrer.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Avandia vence round em reuniao da FDA sobre risco de vida
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:33:44

  • Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

    GAITHERSBURG - A maioria dos conselheiros de saúde americanos chegou à conclusão de que o remédio contra diabete Avandia, do laboratório britânico GlaxoSmithKline, não levanta preocupação sobre risco de vida quando comparado com outras drogas contra a doença.

    Dezenove dos 33 membros do painel de peritos da FDA (Food and Drug Administration), agência que regula alimentos e medicamentos nos Estados Unidos, disseram que os dados disponíveis sobre o medicamento não suscitam preocupações sobre o risco de vida associado ao uso contínuo de Avandia.

    Por uma maior margem de 12 votos contra 7, o painel não encontrou nenhuma preocupação de morte em relação ao Avandia e à droga Actos, do laboratório japonês Takeda Pharmaceutical Co., que pertence à mesma classe de remédios. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

    Uma pílula dietética experimental ajudou cerca de metade das pessoas que a testaram a perder peso e a manter a nova forma por um ano, sem os problemas cardíacos que algumas drogas anteriores causaram. A lorcaserina, da Arena Pharmaceuticals, é uma de três drogas que alimentam as esperanças numa nova geração de medicamentos para a perda de peso. Uma delas será analisada pela Administração de Drogas e Alimentos (FDA) nesta semana e as demais, mais para o fim do ano.

    No estudo, a lorcaserina fez com que mais pessoas perdessem pelo menos 5% da massa corporal ao longo de um ano, mais que o dobro da taxa obtida por pílulas inertes.

    A maioria das pessoas não consegue seguir dietas. E pílulas dietéticas têm efeitos colaterais ruins ou não podem ser tomadas por muito tempo. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15

    Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

    SÃO PAULO - Os medicamentos oferecidos à população pelas 21 unidades do Programa Dose Certa na capital paulista e região metropolitana agora são entregues em sacolas ecológicas. O novo tipo de material utiliza plástico reciclado, com tempo de decomposição 133 vezes menor que as sacolas comuns.

    O material usado é o d2w, substância que, adicionada ao plástico, reduz sua decomposição na natureza de 200 anos para 18 meses.

    A ideia de desenvolver essa nova sacola surgiu de uma demanda da Ouvidoria da Fundação para o Remédio Popular (Furp), órgão da Secretaria da Saúde de São Paulo responsável pelas Farmácias Dose Certa. A Furp registrou alguns questionamentos sobre a utilização das sacolas plásticas convencionais que agridem o meio ambiente. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Alerta em alimento nao saud vel pode cair
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:29:55

  • Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

    A resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com regras mais rígidas para a propaganda de alimentos com altos teores de gordura, açúcar ou sódio pode ser suspensa por recomendação da Advocacia-Geral da União (AGU).

    O pedido da AGU foi entregue ontem à Anvisa. A suspensão ainda tem de ser apreciada pela Consultoria-Geral da União. Procurada pelo Estado, a Anvisa não se manifestou.

    Editada há menos de 15 dias, a resolução é resultado de mais de três anos e meio de debates e consultas. Considerada como um instrumento importante para tentar prevenir a alimentação inadequada e a obesidade, a resolução determinava que propagandas de determinados alimentos e bebidas com baixo teor nutritivo viessem acompanhadas de mensagens de advertência sobre males à saúde que eles podem provocar quando consumidos em excesso. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Avandia tera venda restrita nos EUA
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:24:41

  • Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO - SP

    O Avandia, que foi o remédio mais vendido para o tratamento da diabete tipo 2 no mundo, não será banido do mercado nos Estados Unidos, mas estará sujeito a uma série de restrições à sua comercialização. A decisão foi tomada ontem pelo conselho consultivo da Food and Drug Administration (FDA), agência responsável pelo controle na venda de alimentos e remédios nos Estados Unidos. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Fonte: JORNAL DO BRASIL - RJ

    RIO - Um estudo feito pela consultoria Economist Intellingence Unit, da Grã-Bretanha, deixou o Brasil na antepenúltima colocação do ranking que verificou a qualidade de morte em 40 países. No topo da lista estão a própria Grã-Bretanha, Austrália e Nova Zelândia.

    O estudo verificou que "muita gente, mesmo em países que tem sistemas de saúde excelentes, sofrem com mortes de baixa qualidade, mesmo quando a morte vem naturalmente". Esse tipo de problema acontece porque o acesso aos tratamentos paliativos é muito baixo e os governos e a sociedade não estão preparados para lidar com a morte.

    Para chegar a esses resultados a consultoria analisou dados qualitativos - disponibilidade de remédios, serviços e tratamentos paliativos - e quantitativa - expectativa de vida e recursos gastos com saúde. A Aliança Mundial de Cuidado Paliativo divulgou dados apontando para o fato de que somente 8% conseguem tratamentos paliativos, sendo que mais de 100 milhões de pacientes e familiares procuram por esse tipo de acesso. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Fonte: G1

    Um relatório divulgado nesta terça-feira pela Unaids (Programa das Nações Unidas para HIV/Aids) elogia a forma como o Brasil lida com a Aids, mas também sugere que o país amplie seus investimentos na prevenção da doença.

    "O Brasil deveria aumentar os esforços para atingir o objetivo de acesso universal à prevenção do HIV, considerando que menos de 7% do total de gastos com a Aids são destinados à prevenção", diz o relatório Panorama Unaids 2010, publicado anualmente.

    O documento, que cita dados referentes ao ano de 2008, informa que o Brasil gastou, naquele ano, US$ 623 milhões (cerca de R$ 1,1 bilhão) com seu programa de Aids. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    Bebês que nascem com baixo peso para sua idade gestacional têm pior desenvolvimento motor quando comparados com aqueles que nascem no tempo correto de gestação e com peso adequado.

    A constatação é de um estudo do Geapi (Grupo Interdisciplinar de Avaliação do Desenvolvimento Infantil), da Unicamp, que avaliou 95 bebês nascidos com mais de 37 semanas, prazo considerado ideal para a gestação.

    Desses, 62 tinham o peso adequado e 33 tinham menos de 2,5 kg.

    A fisioterapeuta Denise Campos, autora do estudo, avaliou o desenvolvimento motor dos recém-nascidos quando eles completaram um, dois, três e seis meses.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Brasil ‚ o terceiro pior lugar para morrer
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:19:44
  • Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO - SP

    Estudo inédito que compara os cuidados com pacientes terminais em diversos países coloca o Brasil entre os piores lugares para morrer.

    Entre as 40 nações analisadas, o Brasil só não é pior do que Índia e Uganda, de acordo com o trabalho, feito pela unidade de inteligência da revista "The Economist".

    Cada país recebeu sua pontuação no recém-criado índice de qualidade de morte. A nota é composta por indicadores qualitativos e quantitativos, normalizados e traduzidos em números.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Fonte: O GLOBO - RJ

    RIO - Uma pesquisa da Universidade de Bristol, no Reino Unido, que será apresentada no encontro anual da Sociedade para o Estudo de Comportamentos Alimentares, sugere que o segredo para perder peso é manipular nossos pensamentos sobre como vamos nos satisfazer quando começarmos a refeição. O controle alimentar, portanto, seria uma questão de percepção.

    Os participantes da pesquisa ficaram mais satisfeitos e por maiores períodos quando pensavam que haviam comido mais do que de fato ingeriram. Eles eram enganados pelo tamanho das porções oferecidas. As expectativas antes da refeição e a memória da comida, após digeri-la, são fundamentais para administrar o apetite.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15

    Fonte: O GLOBO - RJ

    RIO - A acne também pode ser um problema de adulto. Ao menos duas em cada dez mulheres procuram um dermatologista para reclamar das espinhas, dos cravos e da oleosidade cutânea que surgem após a adolescência, segundo a Associação Britânica de Dermatologia. Pior, muitas nunca tiveram problemas na pele até os 18 anos. A dermatolgista Juliana Neiva explica que os distúrbios hormonais, principalmente os que são produzidos pelos ovários e as suprarrenais, podem deixar a pele marcada. O uso errado de cosméticos é outra causa comum.

    Confira o infográfico sobre acne. Arte/Fernanda Teixeira

    - Uma higiene adequada da pele é fundamental. Os hidratantes cremosos podem causar a acne, assim como o hábito de não tirar a maquiagem. Mas é preciso ter cuidado especial na hora de escolher o demaquilante, já que o bifásico, que contém óleo na composição e é bom para área dos olhos, pode deixar a pele mais oleosa - explica a médica.

    Se a acne apareceu recentemente e é leve, preste atenção nos hábitos. Está cutucando o rosto excessivamente? Trocou de maquiagem? Tem usado cosméticos muito oleosos ou fora do prazo de validade? Todas estas questões podem causar espinhas.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Quando a comida nao cai bem
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:15:28
  • Fonte: GAZETA DO POVO - PR

    Responda depressa: com a correria diária, você costuma ficar sem almoçar? Na hora das refeições, troca o arroz e feijão por coxinha, x-salada ou outro fast-food? Prefere refrigerante a um bom copo de água e nunca resiste a um doce de sobremesa? Então cuidado, você está na rota dos problemas digestivos. Es­­tudos recentes apontam que prisão de ventre, gastrite, úlcera, refluxo e má digestão estão relacionados mais à chamada dieta do homem moderno, composta de gordura, açúcar e ácidos em excesso, do que propriamente aos problemas fisiológicos.

    ?Nos últimos anos, reduziu o número de pessoas que almoçam em casa ou preparam suas refeições e assim acabam optando por alimentos mais práticos e, geralmente, mais gordurosos, como os pré-cozidos, enlatados ou mesmo os fast-foods?, diz Deborah Malta, coordenadora-geral do setor de Doenças e Agravos Não-transmissíveis do Ministério da Saúde. Segundo a especialista, esses alimentos têm pouco valor nutricional e são cheios de componentes venenosos para o organismo.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Ataque certeiro e natural contra a mal ria
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:12:17

  • Fonte: ESTADO DE MINAS - MG

    Brasília ? Principal causa da morte das crianças africanas e responsável pelo óbito de 1 milhão de pessoas apenas em 2008, a malária é um desafio para os cientistas, que ainda não conseguiram desenvolver uma forma de prevenir a doença. Uma equipe de pesquisadores internacionais, porém, acredita ter descoberto como tornar ineficaz o ataque do parasita plasmodium, transmitido para homens e animais pela fêmea do mosquito Anopheles stephensi. Em testes com ratos de laboratório, eles conseguiram bloquear a ação do protozoário com doses de antibióticos já existentes no mercado. A administração dos medicamentos seria uma "vacina natural", segundo os cientistas da Inglaterra, da Alemanha e do Quênia.

    O objetivo da pesquisa era descobrir uma terapia-alvo que atacasse o apicoplasto, uma estrutura celular fundamental para o desenvolvimento do plasmodium. Com base em recentes dados genéticos, os cientistas sabiam que essa organela era o alvo perfeito para um ataque medicamentoso ao parasita, que se aloja e se desenvolve nas células do fígado. Quando entra no órgão, levado pela corrente sanguínea da pessoa picada pelo mosquito infectado, o plasmodium invade as células hepáticas e se reproduz. O parasita consome as células vermelhas do corpo e, a cada ciclo reprodutivo, libera toxinas no sangue. LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA
    JUL15
    Medida do pescoco indica obesidade
  • Quinta, 15 de Jul de 2010 - 12:11:27
  • Fonte: O DIA - RJ

    Rio - A medida do pescoço pode ajudar a identificar riscos de obesidade, hipertensão e apneia do sono em crianças. Foi o que revelou pesquisa americana publicada na revista Pediatrics. A circunferência do pescoço seria ainda mais precisa do que o Índice de Massa Corporal (IMC), diz o estudo.

    A partir da pesquisa, feita com mais de mil crianças e adolescentes nos EUA, os cientistas puderam estabelecer medidas-limite que identificam risco de problemas ligados à obesidade.

    O presidente do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia, Márcio Mancini, afirma que a técnica já é usada em adultos. A medida do pescoço e a da cintura identificam a gordura visceral. Quem tem alto índice corre mais risco de ter hipertensão, problemas cardíacos e diabetes, diz.

    Já o representante da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, Amélio Godoy, ressalta que a técnica é eficiente, mas pode dar margem a erros. Um jovem que luta judô pode ter o pescoço grosso e não ter gordura no abdômen.
    LEIA MAIS SOBRE ESTA NOTICIA